Ibra
    27.04.2017
  • 2481.5022-6.0120 - -0.2417%
27.04.2017
    • IBRA.SA2481.5022-6.0120 - -0.2417%
    To show sotck chart
    Loading...
    Você está aqui:  Home  >  Ibra

    Ibra

    Com o nome original de Índice Brasil Amplo, o Ibra tem também função de facilitar a vida do acionista e de quem administra fundos. Esse índice mede o comportamento das ações em modo geral. Ele praticamente atua medindo o comportamento atual das ações de todas as companhias listadas na BM&FBOVESPA, desde que contenham os critérios de inclusão necessários.

    Mais tecnicamente falando, as ações componentes são escolhidas dependendo de sua liquidez e avaliadas nas carteiras teóricas pelo preço de mercado das ações disponíveis à negociação.

    O índice IBRA é composto por entidades jurídicas que constam na BOVESPA e principalmente que atendam os complexos critérios para serem incluídas. Vale salientar que não estão incluídas nesse índice, as companhias de BDRs e empresas que estejam em recuperação judicial ou tidas como falidas.

    Critérios para Inclusão no Ibra

    Como já retratado, nem todas as companhias atendem ao critério deste índice. Mesmo havendo várias no Bovespa do tipo capital aberto. Vejamos então os critérios definidos:

    1. Inclusão em um conjunto de ações que contenham índices de negociabilidade que quando somados representem 99% do valor acumulado se comparado a todos os índices individuais;
    2. Participação no que tange a presença e, pregões igual ou maior que 95% no período.
    3. A mesma empresa pode ter mais de uma ação participando da carteira, desde que cada ação atenda isoladamente aos critérios de inclusão.
    4. As companhias com menos de 12 meses de inclusão no IBRA só são elegíveis se tiverem tempo superior a seis meses de negociação e se apresentarem, pelo menos 95% de presença em pregão nos últimos 06 meses do período de análise.

    Vale a pena ressaltar que companhias que estiverem em regime recuperação judicial, processo falimentar, em situação especial, ou ainda que estiverem sujeitas a grande período de suspensão de negociação, não serão incluídas no Índice. Caso essas empresas saiam das situações explicadas, seu histórico de negociação, para efeito do atendimento de todos os critérios de inclusão na carteira, começará a ser contado a partir da data em que a BOVESPA achar que a entidade efetivamente tenha deixado sua situação que se encontrava.


    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *